Enviada por ANDRÉ LEIVAS

Meu nome é André Leivas, sou professor de Línguas portuguesa e inglesa há 6 anos, leciono em duas escolas, uma privada e outra publica, ambas na cidade de Viamão. Meu primeiro livro lido foi Helena, do autor brasileiro Machado de Assis, essa leitura foi necessária devido a um trabalho escolar da 8º série no ano de 2004.

Nas primeiras páginas do livro, não tive muito interesse, pois o livro era muito descritivo e um adolescente de 13 anos não tinha muita paciência para apreciar a leitura, mas, ao longo do livro, fui me interessando pelo romance devido aos fatos da história, como por exemplo, a personagem principal se envolver com Estácio, filho único de Conselheiro Vale, aquele recebe uma herança quando seu pai falece e a história finaliza com a morte de Helena, que é uma jovem de 17 anos.

A leitura foi bem complicada, pois para a minha idade, tudo parecia muito complexo, conseguir encaixar as informações que o livro apresentava, bem como a linguagem de Machado de Assis.

Por ter sido o meu primeiro livro, acabou sendo um desafio essa leitura, apesar de a considerar chata em um primeiro momento, o livro fez com que eu me interessasse ainda mais pelas obras de Machado de Assis, fazendo com que eu logo em seguida lesse outros romances do autor como A mão e a luva e Quincas Borba.

Não recomendo como primeira leitura Machado de Assis, pois a linguagem utilizada por ele é muito distante aos nossos jovens de hoje em dia, seria um trauma iniciar hábitos de leitura com um autor tão clássico da literatura brasileira. Machado de Assis deve ser para pessoas que já possuem uma bagagem de leitura e consigam compreender o movimento literário em que Machado escrevia suas obras, bem como o contexto histórico pelo qual o Brasil passava.

Anúncios